8 de janeiro de 2009

Entrevista





Olá, amigos d'A Caricatura.
Faz um tempo fui entrevistado pelo blog freestyle Fine Arts, de Bruno Corrente. Gostei muito da abordagem bem humorada. Abaixo transcrevo a entrevista original.

Apresentando: Toni D'Agostinho.
Ilustração em geral não é uma categoria considerada “arte”, lembro nitidamente uma vez que criticaram meu trabalho negativamente na faculdade – Isso é ilustração! - eu pergunto, qual é o problema?

Os artistas podem ser mais preconceituosos que os não-artistas.

Enfim, isso tudo é pra apresentar o trabalho do caricaturista Toni D'Agostinho.

Caricatura em geral parece ser algo simples, mas o interessante é ver os personagens que ele retrata.



Essa é a caricatura que me motivou a postar sobre o Toni.
Fala se o pequeno Nietzsche não está a cara do nosso Sr. Mustache?!


Pra quem se interessar: http://acaricatura.blogspot.com

Segue abaixo uma breve entrevista que fiz por e-mail com ele:



Bruno: O que é arte?

Toni: É a coisa mais inútil, do ponto de vista prático, e mais útil, do ponto de vista simbólico, que o homem já ousou inventar.


B: Você se considera um artista? Porquê?

T: Sim; está escrito na minha carteira de trabalho!


B:Se você fosse o curador da última bienal de sp (aquela do "como viver junto") cometeria suicício?

T: É contra a minha religião. Arte "pós-moderna" também.


B: O que te levou a fazer caricaturas? Hoje, que ferramentas/técnicas você usa?

T: Comecei fazendo caricaturas dos amigos enquanto estudava teatro; quando me formei fui chamado a fazer eventos. Nunca mais parei. Hoje, no último ano de Sociologia e política, tento inclinar meus trabalhos para a caricatura política e social.


B: Como captar a essência visual/intelectual do retardado, quero dizer, retratado?

T: Com o tempo, o artista dessa área acaba desenvolvendo uma certa "sensibilidade". O interior acaba se tornando saltando aos olhos do caricaturista e facilita na deformação da "superfície".


B:Se você pudesse fazer uma pergunta para Pablo Picasso, qual seria?

T: O que é maior? O Pablo ou o Picasso?

Um comentário:

Johnny Blaze disse...

muito boa a entrevista...realmente mto bem humorada
abração