23 de novembro de 2009

SHAZAM!


Olá, amigos d'A Caricatura!

Acompanhando a dinâmica que apresenta a sociedade, os super-heróis mudaram.
Não são os defensores da moral - já que a moral entrou em contradição com a ética;
Não guardam os bons costumes - posto que bom costume virou sinônimo de etiqueta;
Não ajudam os fracos - uma vez que o Estado deve zelar por eles;
Não cuidam dos desamparados - pois, no país do jeitinho, aprende-se cedo as regras da sobrevivência;
Não possuem capa ou usam cuecas sobre as calças - para não caírem nas garras do riso alheio.

Pobres super-heróis... quiseram salvar um mundo que não quis ser salvo.


* a ilustração acima foi feita para a Revista Galileu da Editora Globo.

3 comentários:

José Jaime disse...

Adorei. Não só a caricatura como também o artigo.
Abraços
José Jaime

Glen Batoca disse...

Parabéns Toni,muito bom realmente...no mundo em que vivemos nem o verdadeiro super homem daria jeito!
Abração e bons traços!

Helena disse...

E o Super Homem agora é um bunda-mole.