2 de outubro de 2009

O Saci e a Abóbora

Olá, Amigos d'A Caricatura!

Nas férias últimas, passeava sozinho pela mata de Alfenas (interior de minas Gerais), quando ouvi o intrigante diálogo que ora relato:

Jack Abóbora- A luta continua, Saci!
Saci- Luta?
Jack Abóbora- Está na hora de nós, seres lendários, unirmo-nos.
Saci- Pra quê?
Jack Abóbora- Pra dar expressão concreta à consciência de classe.
Saci- Consciência de Classe? O que é isso?
Jack Abóbora- É quando um ser fantástico se identifica no trabalho assustador do outro ser fantástico. Uma vez organizados, cobraremos direitos autorais das editoras, da lojas de fantasias, televisões... é em cima da nossa imagem folclórica que eles lucram! Você vai faturar muito com as vendas dos livros de Monteiro Lobato.
Saci- Dinheiro?
Jack Abóbora- Muito dinheiro!
Saci- Sei. Então, quer dizer... que você se identifica comigo?
Jack Abóbora- Totalmente! Somos frutos do mesmo processo histórico fabular; somos companheiros; somos, praticamente, camaradas mitológicos!
Saci- Fico aliviado.
Jack Abóbora- Aliviado?
Saci- Não vou precisar pedir desculpas.
Jack Abóbora- Pelo quê?
Saci- Por saciar minha vontade de comer abóbora.
Jack Abóbora- Comer... abóbora?!
Saci- Mas fique tranquilo, a luta continua! (nhac!)

Quando me aproximei, o que havia sobrado do espetacular encontro não contava mais do que um punhado de bagaço de abóbora.

Grande Abraço!

* a ilustração acima foi feita para o pessoal da Revista Carta Fundamental.

2 comentários:

Márcio Diemer disse...

Genial Tony!!!!!!!!!!1

Clayton Ângelo disse...

Sensacional Toni! O efeito que coloca em seus trabalhos são bem interessantes, o desenho fica com vida própria. Parabéns. Abraço